InícioInícioTorneios de Xadrez OnlineDownloadsJogarRegistrar-seBuscarConectar-se

Compartilhe | 
 

 Método para ensinar xadrez

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
avatarLeon Mendes

Idade : 41
Posts : 3334
Agradecido : 370
Cadastrado : 02/08/2011
Rio Grande do Sul

MensagemAssunto: Método para ensinar xadrez   Qui 27 Out 2011, 08:46

Por William Pereira da Silva

Uma das grandes dificuldades para aqueles que querem iniciar a ensinar o jogo de xadrez consiste no método a ser utilizado. Durante minha vivência de mais de dez anos ensinando o jogo de xadrez, em nível básico da aprendizagem elementar, aprendi diversas maneiras de repassar os conteúdos para o alunado.

Neste tratado vou relatar o procedimento que faço no uso da sala de xadrez do Clube de Xadrez Pensart, evidentemente não é um meio fechado em si, pode e deve ser modificado de acordo com característica pessoal e realidade de cada professor que irá atuar nos fundamentos da aprendizagem enxadrística.

No início do ano letivo realizo uma divulgação em todos os setores da escola, visito cada sala de aula converso com os alunos fazendo uma explanação sobre o projeto de xadrez escolar, sua importância, abrangência e como funciona o sala do xadrez denominada Clube de Xadrez Pensart.

Chegando à sala pronta com cadeiras e mesas, organizo o material em cima do birô, no caso do CXPENSART, vinte tabuleiros e vinte jogos de peças, espero a chegada do alunado que aos poucos vão adentrando, dirigem-se a minha mesa, solicitam o material que entrego e eles arrumam os tabuleiros e peças e vão jogar. Fico administrando, organizando e disciplinando aqueles mais exaltados. Quando solicitado vou intervir na dúvida da jogada ou das regras do jogo. Várias vezes por semana faço anúncios que vou dar aula básica para os que estão na sala e não sabem jogar xadrez, formo o grupo e dou a aula do xadrez básico nesta seqüência; o tabuleiro, nomenclatura do tabuleiro, nome das peças, posicionamento das peças, a movimentação das peças, o xeque e o xeque-mate. Dadas estas primeiras instruções deixo os alunos aprenderem a movimentar as peças realizando uma partida entre eles, é o momento que eles têm muitas dúvidas, fazem muitas perguntas sendo preciso que tenhamos atenção especial neste momento. Num segundo momento ensinamos as jogadas especiais; en passant, roque pequeno e roque grande, mais uma vez os deixamos jogarem para assimilarem a natureza do jogo. O reforço sobre as regras do xeque-mate precisa ser ampliado para saberem definir uma partida. Quando todos estiveram jogando satisfatoriamente, evidentemente alguns não assimilarão o jogo, as anotações algébricas e numéricas poderão ser repassadas juntamente com as noções de abertura, meio-jogo e final. Essas aulas devem estender-se por uma semana ou mais até que todos tenham a visão geral do jogo, então a partir daí podemos marcar o primeiro torneio com regras brandas para os iniciantes.

Aqueles alunos que frequentam a sala e não se adaptam ao jogo de xadrez oferecemos atividades de jogo de dama, dominó, gamão e outros jogos de salão relacionados aos jogos de tabuleiros para mantê-los freqüentando a sala na esperança de no futuro se interessar pelo xadrez, outros jogos também podem ser mantidos na sala como banco imobiliário, RPG, Sudoko, Pokemon, baralhos e outros, colocamos em dias intercalados para manter uma clientela maior freqüentando o clube e não perturbar as atividades do xadrez que terão seus dias especiais de funcionamento.

Um detalhe importante é que o alunado quando são mais interessados , eles mesmos ensinam uns aos outros, os mais velhos ensinam aos novos e vive-versa trazendo uma educação em comunhão, mas quando trata-se de competir em torneios eles jogam pra valer deixando de lado a camaradagem procurando mostrar quem são os melhores.

Como parte da regra do jogo de xadrez, todos são instruídos a deixarem as peças arrumadas em cima do tabuleiro, ninguém pode guardar o material, isso é primordial para conservação e manutenção do material, caso deixemos todos guardarem ocasionará perda de peças, peças em sacolas trocadas, é essencial que o organizador, o coordenador da sala no momento seja o responsável pela arrumação do material para conferir e depois guardá-lo. Isso deve valer para todo material não somente o do xadrez. Lembrem-se, caso percamos uma peça o conjunto do jogo fica inutilizado. É de suma importância esse procedimento. Emprestar material do clube não é aconselhável, entretanto seja criado um banco de empréstimo nos moldes de uma biblioteca com cadastro, prazo de entrega e todo cuidado possível pode ser viável.

Quando temos alunos com uma frequência bastante assídua sendo realmente interessados pelo desenvolvimento das atividades do xadrez no clube, adquirindo nossa confiança, propomos a criação de uma diretoria para ajudar nas tarefas do dia-a-dia, elaborar programação, programar torneios e campeonatos, realizar simultâneas, promover torneios de damas planejando e organizando as atividades do clube juntamente com o professor, coordenador ou instrutor. Caso na escola exista Grêmio Estudantil ou outra representatividade dos alunos procuramos fazer parcerias para desenvolver ações em conjunto.

Durante o ano letivo criamos diversas outras atividades paralelas para incentivar os xadrezistas como solução de problemas de xadrez, simultâneas, torneios relâmpagos, xadrez australiano, participação em torneios na cidade e em outras regiões.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Método para ensinar xadrez

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tabuleiro Social :: Discussões & Debates :: Academia do Fórum :: Geral-